sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Bolo de chocolate e frutos vermelhos para a festa da Maria

Agora que Setembro nos brinda com dias menos longos e ocasos em jeito de despedida o regresso a dias mais recatados anuncia-se sem cerimónia. Chama-me lentamente o conforto de uma tarde em casa tranquila com uma passagem breve pela cozinha e um prazer perfumado no forno, mais tarde acompanhado com uma chávena de chá. De maternidade entendo pouco, mas sinto que pouco nos faz mais feliz do que um bolo acabado de fazer pela nossa mãe. E sei que se tivesse filhos os acarinharia com o que destas mãos sai, um colo doce e carinhoso, o momento em que tudo pára e se relativiza.

Bolo de chocolate com frutos vermelhos

Ingredientes
200g de açúcar
200g de farinha
150 g de manteiga
4 ovos inteiros
2 colheres de sopa de iogurte grego (iogurte natural sem açúcar em alternativa)
2 colheres de sopa de cacau em pó
1 colher de sopa de chocolate em pó
Frutos vermelhos a gosto (usei mistura de frutos vermelhos congelados)

Preparação
Pré-aquecer o forno a 180º. Untar com margarina uma forma refratária baixa e larga. Bater a manteiga à temperatura ambiente com o açúcar até ficar um creme fofo e esbranquiçado. Adicionar os ovos inteiros um a um, batendo a cada adição e, por fim, o iogurte. Envolver a farinha cuidadosamente com uma espátula. Peneirar o cacau e o chocolate e envolver de novo sem nunca bater a massa.

Deitar na forma, pôr por cima os frutos vermelhos e levar ao forno uns vinte minutos. Depois de frio polvilhar com açúcar de confeiteiro. 

Este bolo é de fácil confecção e resulta muito bem. Ideal para quem tem preguiça ou falta de tempo para bolos de chocolate elaborados mas a quem apetece muito de repente uma fatia de bolo de chocolate fofo e saboroso. Os frutos vermelhos proporcionam o toque meio ácido para quebrar a monotonia.


Este é o meu contributo para a festa da minha querida Maria Papitas, cujo blogue comemora o segundo aniversário. O texto é-lhe inteiramente dedicado. É o colo doce e maternal que embala o blogue e nele a declaração do amor incondicional aos seus filhotes.



14 comentários:

Mariana Teixeira disse...

Que lindo bolo, homenageia qualquer mãe ou o amor que ela tem pelos seus filhos, adorei a escolha e o texto parabéns!

Liliana (Addicted) disse...

Deve ser tão bom esse bolo...estou-me para aqui a babar!

beijinhos :)

Ricardo Tiago disse...

nossa... deve ser uma delícia.
bjinhos

Leonor disse...

Muito obrigada, Mariana :)

Leonor disse...

É bom e fácil, Liliana. É um daqueles sem segredos mas que calha sempre bem e é rápido.

Beijinhos :)

Leonor disse...

Prova. Queres uma fatia :)
Um beijinho

Sofia disse...

Belo bolo!
Excelente aspecto!

Beijinhos
Sofia
http://paladarescompanhia.blogspot.pt/

Leonor disse...

Beijinhos, Sofia, obrigada :)

Maria disse...

Leonor, copiei este texto para o guardar pois foi das mais belas homenagens que recebi. Muito obrigada, nem consigo dizer mais nada.
Quanto ao bolo, a este delicioso bolo, é uma partilha maravilhosa. Se o tivesse visto a tempo seria o bolo de aniversário do meu filho que, também hoje, fez anos ( 19, no caso dele). Mas não vai ficar na prateleira e será feito, de certeza, no próximo Domingo. Tenho feito várias receitas tuas e todas elas me saem na perfeição.
Obrigada, obrigada, mil vezes obrigada.
Beijinho
Maria

Leonor disse...

Fico muito sensibilizada, Maria :) Escrevi-o para ti do fundo do coração e sensibilizada pelo amor que dedicas aos teus filhotes diariamente no teu blogue :)

Muitos beijinhos, minha querida, e muitos parabéns ao teu filho também.

Filipa Dourado Ribeiro disse...

Amiga foi uma homenagem tão calorosa e doce. Adoro ler-te e deixaste-me emocionada.
Tenho a certeza que se tivesses filhos serias uma mãe dedicada e fantástica.
És linda por fora e por dentro e tenho a certeza que a tua mãe deve ter imenso orgulho em ti.
A Maria merece estas palavras.
Bjo muito doce para as duas que tanto gosto.

CNS disse...

Este bolo é simples afecto de forno. E tem ar de saber maravilhosamente. Como todas as formas de afecto.

bj

Leonor disse...

Tu é que deixaste emocionada com as tuas palavras, Filipa, muito mas muito obrigada.

Beijocas grandes, fiquei sem palavras :)

Leonor disse...

Gosto da expressão 'afecto de forno', Cristina :)
Beijinhos