domingo, 1 de dezembro de 2013

Strudel de cogumelos e presunto ou o Wellington sem beef

Embora não venere ninguém, tenho, como o comum dos mortais, um fraquinho por algumas figuras públicas na área da culinária internacional e, sendo eu rapariga de humores e de rompantes, sou fã confessa do Gordon Ramsay. A minha vida e experiência culinária pode dividir-se em dois momentos: antes e depois. Antes e depois do Gordon Ramsay. Antes e depois do Beef Wellington. Quando descobri há uns anos aquela criatura irada na cozinha a gritar desalmadamente por causa dos Beef Wellington, decidi deitar mãos à obra, eu mesma experimentar um Beef Wellington, o pomo da discórdia no "Hell’s Kitchen", e oferecê-lo com carinho ao carnívoro-mor cá de casa. Nesse dia e em todos os que regressei à receita morosa, aprimorando-me cada vez que a repetia, estabelecia-se uma contenda à mesa: todos e cada um de nós queriam ficar com o ‘rabo’ do Beef Wellington. O rabo do dito cujo situava-se nas extremidades e continha não a carne, mas o recheio: uma camada fininha de presunto com uma mistura de cogumelos moídos envolvido na massa folhada e com os sucos de todos os elementos em harmonia. As extremidades eram divididas pelos três e sempre muito concorridas. Meti na cabeça, depois da nossa preferência, que um dia faria um folhado apenas com o recheio de cogumelos.
Quando o Dia Um… Na cozinha lançou o desafio dos Strudel salgados ficou logo bem claro na minha cabeça que esta seria a oportunidade de pôr em prática a ideia que acalentei durante um tempo. Um Strudel seria e o recheio, o eleito cá de casa: cogumelos e presunto com um toque de mostarda, o 'rabo' do Beef Wellington. Acrescentei uns cubinhos de feta temperado com orégãos e a receita foi aclamada por unanimidade e com louvor. Pena é que as fotografias não façam justiça à delícia que foi hoje o nosso almoço. Estava sol, era Domingo e nada me pode fazer mais feliz do que amar cozinhando.

Strudel de cogumelos e presunto com feta

Ingredientes
1 base de massa folhada rectangular
200 g de cogumelos brancos
400 g de cogumelos Portobello
Presunto serrano em fatias finas
Queijo feta
Mostarda com grãos
Vinho branco
Tomilho fresco
Sal
Pimenta preta acabada de moer
Flor de sal
Margarina com alho
Azeite


Preparação
Lavar os cogumelos e triturar numa picadora ou robot de cozinha até ficarem em pedacinhos muito pequenos, quase em pasta. Reservar. Numa frigideira larga deitar um fio de azeite e uma noz de margarina com alho. Deitar os cogumelos e deixar cozinhar até desaparecer a água. Temperar com sal, pimenta acabada de moer, tomilho a gosto, e adicionar vinho branco. Deixar evaporar o vinho mexendo sempre, até ficar uma pasta uniforme húmida, sem deixar secar totalmente mas sem haver vestígios do vinho branco. Retirar do lume e deixar arrefecer.

Pré-aquecer o forno a 200º. Tirar a massa folhada do frigorífico, deixar descansar à temperatura ambiente uns dez minutos e estender numa folha de papel vegetal. Colocar as fatias de presunto sobre a massa folhada, deixando uma margem e pincelar generosamente o presunto com a mostarda com grãos. Dispor o queijo feta e a mistura de cogumelos por cima. Pincelar as extremidades da massa folhada e dobrar, ‘fechando’ muito bem a massa folhada. Refrigerar dez minutos no frigorífico. Retirar do frigorífico, pincelar levemente com o ovo batido, fazer uns traços na massa folhada com uma faca sem cortar. Salpicar com flor de sal e levar ao forno até a massa estar dourada.



E esta foi a minha resposta a mais um desafio do Dia Um... Na Cozinha. Que venha o próximo! 



34 comentários:

Comida de conforto disse...

Um strudel fabuloso! Cogumelos e presunto são uma combinação infalivel e, além disso, ficou muito bonito!
Beijinhos

Leonor disse...

Obrigada :) É um bocadinho trabalhoso mas vale a pena.
Beijinhos

Mariana Teixeira disse...

Que lindo Leonor, adorei esta tua sugestão e hoje ando de água na boca com tantos e bons strudels

beijinho e bom resto de domingo!

Leonor disse...

É mais um desfile de sonho :) Já fiquei com vontade de fazer um com bacalhau ou farinheira e maçã.
Beijinhos e bom Domingo :)

Noelia Policarpo Dias disse...

Fabuloso!!!!
Bjs

Leonor disse...

Obrigada, Nélia :)
Beijinhos

Brisa Maritima disse...

Leonor,

Tal como eu disse no Facebook, também aprecio o Gordon, apesar da postura mais desvairada dele em certas ocasiões... a filhota então acha-lhe mesmo piada ! :)
Ele tem receitas fantásticas sim e esse beef que já tinhas publicado antes deu-te o mote para o strudel !
E que bom que assim foi e que decidiste acompanhar-nos na viagem do "Dia Um...".
Adoro a tua receita e, contrariamente ao que dizes, acho que as fotos estão muito bonitas e deixam sim advinhar sabores fantásticos numa refeição que enriqueceu o teu/nosso Domingo !
Obrigada, Leonor, por estares connosco ! ;)

Um beijinho grande *

Célio Cruz disse...

Olá Leonor!
Cogumelos e presunto parece-me uma combinação perfeita, deve ter ficado uma delicia. Aliás, o aspecto está tentador e não engana. Gosto daquele tomo dourado e estaladiço da massa folhada.
Ahh, e adorei o termo "Wellington sem Beef". ;) Muito bom.
Beijinho e boa semana.

Loca disse...

Que delícia, Leonor.
Um bife Wellington sem o bife deve ser mesmo de comer e chorar por mais. Que escolha excelente.
:))

Paulo Herculano disse...

Por acaso não gosto do Gordon são opiniões :)

Mas gostei do aspeto do teu está fantástico :)

Beijos

Sílvia Martins disse...

Que belo strudel!Esse recheio não engana! Uma delícia!
Achei piada à história acerca da inspiração para fazeres o strudel.
Beijinho

Sílvia
http://bocadinhosdeacucar.blogspot.pt/

Leonor disse...

É Isabel, ele é muito irascível mas gosto das receitas dele :)
Foi mesmo em cima do tempo que participei, só tenho tempo para estas coisas ao fim-de-semana.
Eu é que agradeço.
Beijinhos :)

Leonor disse...

Correu bem, Célio :) Experimenta e depois conta. O único problema é que é um bocadito trabalhoso por causa dos cogumelos. Optei pela massa folhada porque é a que gosto mais apesar de ter tanta gordura.
Beijinhos

Leonor disse...

Fiquei logo com esta ideia assim que lançaram o desafio, Loca :) Faz menos mal sem a carne.
Beijinhos

Filipa Dourado Ribeiro disse...

Oh amiga o que eu já me ri :D
Por cá também gostamos dos rabos destas massas maravilhosas :)
E este teu strudel está fabulásticamente delicioso de certeza. Acho que o Gosrdon ia gritar mas de satisfação :)
E imagino a tua felicidade com este sol maravilhoso :)

Susana Figueiredo disse...

Que delícia, Leonor!!! Já estou há uns tempos para experimentar o beef wellington, mas falta-me a coragem... quem sabe a versão do 'rabo' não seja uma boa alternativa ;)

Leonor disse...

Pois é, Paulo, é mesmo uma questão de opinião e quando não se gosta, não se gosta ;)Eu, por exemplo, acho que nós merecíamos uns chefs com mais alma no 24Kitchen. Para mim o único que se aproveita é o Lubomir Stanisic.
Obrigada :)

Leonor disse...

Este meu blogue vive muito de histórias, Sílvia :)
Beijinhos e obrigada.

Leonor disse...

Modéstia à parte, acho que ele não me iria gritar muito desta vez, Filipa ;) Hoje foi uma alegria e ninguém disputou o 'rabo' do Wellington.
Beijinhos, amiga :)

Leonor disse...

Força, Susana, é só preciso tempo e calma para o Beef Wellington. Tenho a certeza que te iria correr bem :)
Beijinhos

Mª João - Ponto de Rebuçado Receitas disse...

Já me fartei de rir com a tua descrição do rabo do wellington! Mas o que interessa é que está magnífico, delicioso!
Beijinhos

Patricia Conceicao disse...

Que bom aspeto Leonor! E o texto está tão delicioso como o strudel, mas a isso já nos habituaste há muito! Mais um para eu experimentar, deve ser maravilhoso! Beijos grandes

Leonor disse...

Ainda bem, Maria João, bom humor sempre :)
Beijinhos

Leonor disse...

Obrigada, Patrícia, experimenta sim, e depois diz-me se valeu a pena :)
Beijinhos e boa semana

Marisa Valadas disse...

Ficou fantástico!

Ricardo Tiago disse...

ficou lindo lindo lindo!

Passatempo a decorrer no meu blog com um super prémio! Participa!

http://pratosquefalam.blogspot.pt/2013/11/passatempo-pratos-no-natal.html

Tertúlia da Susy disse...

Ficou magnifico!
Bjs, Susana
Nota: Ver os passatempos a decorrer no meu blog:
http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/11/1-aniversario.html
http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/12/strudle-de-bacalhau-e-couve-com-chourico.html

Leonor disse...

Obrigada a todos :)
Beijinhos

Isabel Patrício disse...

De facto, o Ransay é irascível, mas eu gosto muito das receitas dele apesar de não ser o meu preferido.
Mas o teu strudel seria certamente um preferido para quem o provasse, pois a combinação dos cogumelos, presunto e queijo fica fantástica em sabores.
Parabéns pela excelente participação
Bjns
Isabel

Leonor disse...

Já pedi mais um livrito ao Pai Natal ;)
Obrigada pela visita, Isabel.
Beijinhos

Rosa Santos disse...

Olá Leonor!
Surpresa agradável e de sabores requintados, não fora uma continuação do "o rabo" do Beef Wellington! Ficou excelente e aquele pedaço bem podia aqui estar e agradar o meu palato. Adorei.
Beijinhos

Leonor disse...

Olá Rosa,
Muito obrigada pela visita e pelas palavras. Começo a achar que vai passar a ver mais 'rabo' de Beef Wellington do que propriamente 'Beef'.
Beijinhos e as melhoras :)

Joana disse...

Que lindo Strudel!
Ficou com um aspecto fantástico.
Adorei os ingredientes! :)
Um beijinho

Leonor disse...

Beijinhos, Joana, obrigada :)